Fast Pizza

Apetece pizza! Vamos embora! 5 minutos e está a andar!

fast pizza

25 g fubá de mandioca

25 g polvilho doce

25 g farinha de arroz

4 ovos inteiros

3 colheres de sopa de farinha de coco

3 colheres de sopa de linhaça dourada moída

1 colher de café de bicarbonato de sódio

Sal marinho q.b.

Recheio de pizza a gosto: tomate, queijo, chouriço e orégãos

  1. Misture todos os ingredientes com a o batedor manual ou robô de cozinha (preparei na kCook Multi com acessório de triturar na velocidade 6).
  2. Coloque a massa, dando-lhe uma forma circular, sobre uma folha de papel vegetal e leve a forno pré-aquecido a 180ºC  até estar cozido, por aproximadamente 15 minutos.
  3. Recheie a gosto, começando por pincelar com azeite virgem extra, cubra com molho de tomate e outro recheio a gosto.
  4. Leve novamente ao forno até dourar, por aproximadamente 10 minutos.

Simples e rápido!

Parceiros: kCook Multi

 

Anúncios

Sarda com salada de favas

Após uma visita ao mercado comprei este peixe maravilhoso com uma etiqueta que referia ser Sarda, no entanto, a mim parecia-me Cavala! Seja como for, ambas as opções encontram-se facilmente nas nossas costas, a baixo custo e são riquíssimas em ómega-3!

53848975_3035844236441276_4691198541819805696_n

Aprendi com o Jamie Oliver que o alecrim complementa o sabor da cavala (e sarda), reduzindo a intensidade do seu sabor. Fica fantástico, sendo o peixe preferido da minha filha mais nova! Experimentem!

IMG_20190313_123801

100 g favas
Coentros q.b.
1 copo de água
20 g barriga fumada ou salgadas
1 colher sobremesa azeite
Sal marinho q.b.
Para servir: requeijão de ovelha, agrião
1. Comece por congelar as favas. Deixe-as depois descongelar e após alguns minutos a casca irá começar a enrugar, saindo mais facilmente, tornando-se mais fácil de a retirar.
2. Corte a barriga fumada em cubos, coloque o azeite, a barriga e as favas numa frigideira de inox e salteie até a barriga dourar.
3. Adicione a água, o tempero e os coentros e deixe cozinhar até a água evaporar, por aproximadamente 5 minutos.
4. Deixe arrefecer e sirva depois com agrião e requeijão de ovelha.
1 sarda ou cavala
Alecrim
Sal marinho q.b.
Pimentão doce q.b.
Pimenta caiena q.b.
Para pincelar: azeite virgem extra
1. Tempere o peixe e deixe marinar por alguns minutos. Coloque o alecrim dentro da cavala.
2. Aqueça o grelhador ou frigideira e pincele com azeite.
2. Quando este estiver quente, coloque o peixe e deixe cozinhar por cerca de 10 minutos do primeiro lado, virando depois para terminar de cozinhar no outro lado, por cerca de 5 minutos ou até estar cozido.
Dicas:
Retirar a pele das favas reduz significativamente o teor em anti-nutrientes desta leguminosa, além de facilitar a cozedura.
A salada de favas foi enriquecida com requeijão de ovelha do nosso país, de Seia. De sabor natural, rico em boas gorduras naturais em animais de pasto! O requeijão é uma ótima opção como fonte de proteína e gordura!
IMG_20190313_123811
Esta é uma das opções que pode encontrar nos planos Simplify Eat.

Os menus semanais dos Planos Simplify Eat são disponibilizados numa plataforma online interactiva, que inclui as receitas passo a passo e a respectiva lista de compras, ajustada às doses estipuladas pelo utilizador.
Basicamente é um serviço de planeamento de refeições que pretende facilitar a vida a quem pretende adoptar ou manter uma alimentação minimamente processada, à base de produtos de época.
Experimente.

Rolinhos crocantes

Estas bolachinhas andavam na minha cabeça há semanas! Utilizei este acessório da Tescoma e passei-as por chocolate. Ficam deliciosas e são muito simples de fazer!

bbb

As bolachinhas preparam-se de modo muito simples (rende 8):

2 claras de ovo

4 colheres de sopa de amêndoa moída

4 colheres de sopa de polvilho doce

25 g açúcar mascavado em pó – > adaptar ao paladar

60 g manteiga amolecida (não derretida)

Baunilha q.b. (raspar o interior de uma vagem de baunilha)

Para cobrir: chocolate 74 % cacau

  1. Bata as claras em castelo (com o acessório batedor, programei por cerca de 4 minutos na velocidade 9).
  2. Adicione o açúcar a pouco-e-pouco, batendo sempre na mesma velocidade (na kCook Multi, bata na velocidade 6).
  3. Incorpore os restantes ingredientes, batendo apenas até obter um creme homogéneo (na kCook, bata na velocidade 6).
  4. Espalhe com a espátula a massa na base e leve a cozer em forno pré-aquecido a 180ºC até estar dourado – cerca de 5-7 minutos.
  5. Quando estiverem bem douradas, retire com o acessório, coloque sobre uma tábua de madeira, corte o círculo em duas metades iguais e enrole-as de imediato ao mesmo tempo, utilizando um pau de espetada para ajudar (a massa arrefece muito rapidamente e depois torna-se impossível enrolar). Espere uns segundos para que arrefeça na posição desejada.
  6. Passe a bolacha por chocolate derretido em banho-maria ou no microondas. Coloque no frigorífico.

b

Espero que gostem

Parceiros nesta receita:Tescoma e kCook Multi

 

Bolo zebra – fofíssimo!

Este bolo é maravilhoso, resulta sempre! Fica um bolo fofo, de textura e sabor próximo dos bolos tradicionais, com trigo. Experimente!

IMG_20190310_183523

6 ovos

120 g amêndoa moída

60 g polvilho doce

50 g fubá de mandioca

1 colher de café de bicarbonato de sódio

60 g açúcar mascavado ou mel

150 g manteiga e/ou azeite

1 colher de sopa de farinha de coco

200 g natas frescas

2 colheres de sopa de cacau

  1. Bata todos os ingredientes, excepto as claras, durante cerca de 1 minuto até ficar um creme homogéneo (na kCook Multi, bati com o acessório de triturar na velocidade 6)..
  2. Bata as claras em castelo. Incorpore.
  3. Divida a massa em duas partes iguais e numa das partes, incorpore delicadamente o cacau.
  4. Colocque na forma – para obter o efeito zebra, coloque uma concha com massa branca na regão central, depois uma concha com massa castanha na região central do círculo anterior e prossiga assim até terminar.
  5. Leve ao forno pré-aquecido a 180ºC e deixecozer até estar cozido (aprox. 30 min).

Espero que goste!

IMG_20190310_183422

Parceiros nesta receita: kCook Multi

Bolo de fim-de-semana

Preparei este bolinho no fim-de-semana e tem sido devorado pela filhota mais velha!

IMG_20190303_074244

110 g fécula de batata

100 g fubá de mandioca

85 g farinha aveia

70 g iogurte natural

60 g açúcar mascavado

20 g manteiga derretida

4 ovos inteiros

1 colher de café de bicarbonato de sódio

Opcional: 1 colher de sopa de cacau em pó

  1. Misture todos os ingredientes na liquidificadora ou robô de cozinha (fiz kCook Multi com o acessório batedor na velocidade 6).
  2. Unte uma forma com manteiga ou azeite e polvilhe com um pouco de polvilho doce ou outra farinha a gosto
  3. Se assim entender, divida a massa em duas partes e numa das partes misture cacau.
  4. Verta na forma e leve ao forno pré-aquecido a 180ºC e coza por cerca de 30 minutos ou até o palito sair seco.

Espero que gostem!

IMG_20190303_074257

Parceiros nesta receita: kCook Multi

Queijadinhas de laranja

No fim-de-semana passado, depois de ver algumas fotos de queijadinhas em grupos de facebook, decidi ir para a cozinha preparar umas doçuras!

IMG_20190224_184349

Ficaram ótimas. Vamos então ver como preparar 12 queijadinhas:

1 lata de leite de coco (400 ml)

60 g açúcar mascavado ou mel

60 g fubá de mandioca

50 g manteiga

40 g fécula de batata

4 ovos inteiros

2 tiras de casca laranja

  1. Aqueça o leite com a casca de laranja, a manteiga e o açúcar e ferva por uns minutos (preparei na kCook Multi por 3 minutos, a 90 ºC com o acessório de bater na velocidade 4). Coe e aguarde por alguns minutos que arreça um pouco.
  2. Adicione os ovos e as farinhas e misture com um batedor (na kCook Multi coloquei 1 minuto com o acessório de bater na velocidade 4).
  3. Entretanto, aqueça o forno a 200ºC e unte formas de queques ou queijadas com manteiga. Preencha as formas e coloque no forno até que estejam douradas (aproximadamente 15-20 minutos).

Espero que goste!

  • Guarde no frigorífico por até 5 dias.

IMG_20190224_184049

Parceiros nesta receita: kCook Multi

Bio é bom?

transferir

O que é um produto BIO? 

Um produto BIO é um produto que segue as normas definidas para a produção de produtos BIO, tendo como base o Regulamento (CE) nº 834/2007.

O método de produção Biológico pretende promover a biodiversidade, a manutenção dos recursos naturais assim como um maior bem-estar animal.

Ou seja, a produção de produtos biológicos tem duas vertentes: obtenção de um produto de qualidade garantida para o consumidor mas também a proteção do ambiente.

Síntese das regras para os produtos BIO:

  • Não se utilizam produtos (ou derivados) proveninentes de OGM (Organismos Geneticamente Modificados).
  • Deve utilizar sobretudo recursos renováveis mas, quando tal não for possível, os subprodutos devem ser reciclados.

Produção vegetal:

  • A produção vegetal biológica deve promover a  fertilidade dos solos, prevenir a sua erosão e, de preferência, devem utilizar-se os nutrientes provenientes da terra em oposição a fertilizantes solúveis.
  • Fertilizantes e produtos fitofarmacêuticos só deverão ser utilizados se se enquadrarem no método de produção biológica e apenas se efectivamente necessários.

Produção animal:

  • A produção animal é parte essencial do ecossistema pelos excrementos os nutrientes necessários à promoção da fertilidade das terras.
  • De modo a reduzir a poluição, a alimentação dos animais em produção biológica deve resultar também de agricultura biológica.
  • Os animais devem ter acesso sempre que possível a espaços ao ar livre ou pastagens.
  • Devem ser respeitadas normas de bem-estar animal, de acordo com a espécie, devendo ser prevenidas doenças, com atenção às condições de alojamento, método de crianção e densidade animal.
  • Devem preferir-se raças autóctones, adaptadas às condições locais.

Transformados:

  • Os produtos biológicos transformados, devem garantir a manutenção da integridade biológica e das características dos produtos.
  • Só assim podem ser rotulados se todos ou quase todos os ingredientes forem de origem biológica (minímo 95%).

Bio é diferente de caseiro:

Um produto biológico segue normas definidas por um regulamento da UE e as empresas devem ter a certificação de método de produção biológico.

Um produto caseiro é um produto produzido normalmente sem respeitar normas, dependendo do bom senso e conhecimentos do agricultor.

Bio não qualifica quanto ao açúcar e farinhas utilizadas:

Um produto biológico não é obrigatoriamente um produto saudável. Principalmente quando se trata de um processado, os ingredientes são sempre o principal factor de decisão!

 

O método de produção biológico dá-nos uma garantia do cumprimento de algumas regras específicas, é, assim, uma garantia de qualidade.

 

 

Bolo de beterraba

Fiz este bolinho há umas semanas por desafio lançado entre amigas. Ficou delicioso, no entanto quero experimentar outra versão com farinha de beterraba em vez de beterraba fresca pois acho que ainda irá ficar melhor! Depois partilharei 🙂

IMG_20190211_144713

6 ovos

60 g amêndoa moída

10 g cacau

60 g polvilho doce

100 g fubá de mandioca

1 colher de café de bicarbonato de sódio

60 g açúcar mascavado ou mel

150 g óleo de coco

1 colher de sopa de farinha de coco

1 colher de sopa de vinagre

120 g beterraba crua

70 g iogurte natural

  1. Com a batedeira, bater as claras em castelo (utilizei a kCook Multi, com o acessório batedor, programei 5 minutos na velocidade 9). Retire e reserve.
  2. Com o acessório de triturar, triture a beterraba sem casca. Adicione as gemas com os restantes ingredientes e bata por alguns segundos até estar incorporado (bati por cerca de 30-45 segundos na velocidade 6).
  3. Incorpore delicadamente as claras em castelo com o preparado anterior.
  4. Verta numa forma untada com manteiga e leve a cozer em forno pré-aquecido a 180ºC até estar cozido (aproximadamente 45 minutos).

Para o recheio preparei um creme de manteiga e queijo creme. Delicioso!

IMG_20190211_144847

Para o creme de manteiga de chocolate: 

75 g açúcar mascavado, açúcar de coco ou mel

250 g manteiga à temperatura ambiente

125 g mascarpone

250 g queijo creme

Baunilha

  1. Bata a manteiga com açúcar até ficar cremoso (bati na kCook Multi com o abatedor na velocidade 7 durante 2 minutos).
  2. Adicione o mascarpone, o queijo creme e a baunilha e bata por mais 30 segundos.
  3. Recheie de imediato.

IMG_20190211_144857

Cobri com pistáchios em pedaços e frutos vermelhos.

IMG_20190211_144838

Espero que goste!

Parceiro na receita: kCook Multi

Mousse de frutos vermelhos

Esta Sobremesa prepara-se rapidamente, sem lacticínios e sem açúcar adicionado, apenas o naturalmente presente nos alimentos. Fica deliciosa!

IMG_20190126_141103

400 ml de creme de coco

2 bananas

100 g frutos vermelhos congelados

2 folhas de gelatina neutra

IMG_20190126_112143

  1. Demolhe as folhas de gelatina num pouco de água.
  2. Entretanto triture os restantes ingredientes numa liquidificadora ou robô de cozinha (na kCook Multi triturei por 1 minuto na velocidade 12).

IMG_20190126_112608

3. Escorra a água da gelatina, derreta em banho-maria ou microondas e adicione ao preparado anterior.

4. Leve ao frigorífico adicionando alguns frutos vermelhos por algumas horas antes de servir.

Notas e sugestões:

  • Em alternativa pode levar o preparado ao congelador e transformar assim em gelados que as crianças irão adorar!

Tarte de limão merengada

Que tarte maravilhosa! É isto, as verdades são para se dizer! Adoro limões e deram-me tantos e, como sabem, quando a vida nos dá limões, temos de fazer algo delicioso com eles! Assim manda a lei!

tarte

Base da tarte: 

70 g farinha de coco

40 g fubá de mandioca

100 g manteiga (ou óleo de coco)

5 colheres de sopa de xarope de ácer ou mel*

  1. Num processador de alimentos, misture todos os ingredientes (corte a manteiga em cubos pequenos) até obter uma massa homogénea – preparei na kCook Multi com a lâmina de corte por 1 minuto na velocidade 12.
  2. Estique a massa entre duas folhas de papel vegetal e forre o fundo de uma tarteira previamente untada com manteiga e polvilhada com farinha de coco (coloquei nesta tarteira linda de Sweet Selection).
  3. Esta massa deve ser “cozida a branco”, de modo a não formar bolhas, para tal, deve cobri-la com papel vegetal e deve colocar algumas sementes ou grãos de modo a formar algum peso. Eu coloquei amêndoas e aproveitei assim para as torrar para depois as utilizar na preparação de manteiga de amêndoa.
  4. Levar a forno pré-aquecido a 180ºC até que a massa esteja cozida – tal demorou cerca de 15-20 minutos. Arrefecer antes de prosseguir.

Para o curd de limão: 

4 ovos

4 gemas

100 g mel ou açúcar mascavado*

raspa de 1 limão

180 ml sumo de limão

3 colheres de sopa de manteiga ou óleo de coco

  1. Bater todos os ingredientes e levar a lume brando mexendo sempre, até formar um creme homogéneo (na kCook Multi com o acessório de misturar programei 7 min., 80ºC na velocidade 4).
  2. Colocar o creme frio sobre a base da tarte já arrefecida.

IMG_20190204_151936

Merengue:

2 claras de ovo

2-3 colheres de sopa de açúcar mascavado*

  1. Este passo apenas deve ser preparado  poucas horas antes de servir. Num recipiente bem limpo, bater as claras em castelo até que fiquem bem firmes (na kCook Multi, bati as claras em castelo firme, programando 5 minutos na velocidade 9). Adicionar depois o açúcar a pouco-e-pouco, continuando sempre a bater.
  2. Com um saco pasteleiro, colocar sobre o creme. Levar a forno pré-aquecido a 180ºC apenas na função grill ou grelha superior até dourar (cerca de 5 minutos).

Guarde no frigorífico. O creme que sobrar conserva-se por cerca de 3-5 dias no frigorífico e acompanha lindamente umas panquecas!

Espero que goste!

IMG_20190204_151947

*Quantidade de açúcar deve ser ajustada ao vosso paladar, a quantidade indicada é a que tem sido apreciada por paleo e não-paleo!

Parceiros nesta receita: kCook Multi e Sweet Selection